22/02/2016

ARÍLSON, técnico do Aimoré, reforça TXT

Arílson começou a jogar futebol em sua cidade natal, Bento Gonçalves, no Esportivo. Logo cedo, aos 19 anos, foi contratado pelo Grêmio. Em 1994, chamou a atenção de Luiz Felipe Scolari e ganhou uma vaga no grupo principal. Junto com o lateral-esquerdo Roger, o volante Émerson e o meia Carlos Miguel. A partir daí, iniciou sua trajetória de sucesso.

No Grêmio, Arílson atuou até 1995, sendo campeão da Copa do Brasil, do Campeonato Gaúcho e da Copa Libertadores. Foi negociado no mesmo ano com o Kaiserslautern. Na Alemanha, ficou por uma temporada e conquistou a copa do país, em 1996. Ao voltar ao Brasil, assinou com o Internacional. Na mesma época, recebeu chances na Seleção Brasileira. Pelo Colorado, conquistou o Campeonato Gaúcho de 1997.

Em 1998, fechou com o Palmeiras, um dos grandes times da década. Conquistou a Copa Mercosul e a Copa do Brasil, antes de retornar ao Grêmio. Em 1999, no time que contava com Ronaldinho Gaúcho, participou dos títulos da Copa Sul e do Campeonato Gaúcho, sendo negociado outra vez com a Europa.

Arílson defendeu o Real Valladolid, da Espanha, entre o fim dos anos 90 e o início dos anos 2000, quando voltou ao Brasil para jogar pelo América-MG. Ele ainda atuou pelo 15 de Novembro, Portuguesa e Avaí até deixar o país mais uma vez em 2003. O meia passou uma temporada no Al-Ittifaq, da Arábia Saudita, e retornou ao Grêmio em 2004. No Tricolor gaúcho, ficou até a temporada seguinte. A partir de então, vestiu a camisa de utros clubes do futebol gaúcho, do Nordeste e encerrou a carreira no Imbituba, de Santa Catarina.

Foi no mesmo Imbituba que decidiu passar para o lado de fora do campo e projetar a carreira de treinador. Em 2011, treinando o time juvenil, alcançou a condição de semifinalista do Campeonato Catarinense. Em 2012, como auxiliar-técnico do Imbituba, disputou a primeira divisão estadual.

Desde março de 2013, Arílson está no Aimoré, de São Leopoldo-RS, onde vem sendo um dos protagonistas no processo de crescimento da base do clube. Nas duas primeiras temporadas, em 2013 e 2014, o Aimoré chegou como semifinalista da Copa FGF Sub-19. Em 2015, o técnico conduziu o time até a semifinal do Campeonato Gaúcho Sub-20, perdendo para o Internacional, e conquistou o título da Copa FGF Sub-19. 

Com o bom desempenho dos garotos, oito jogadores foram promovidos ao grupo principal do Aimoré para a disputa do Gauchão 2016. Três deles são titulares durante o início do Estadual: os laterais Diego e Tiago Alemão e o volante Mateus, uma das afirmações do clube.

Ficha técnica
42 anos - 11/06/1973
Bento Gonçalves/RS

Clubes como treinador
2011 | Imbituba (Juvenil)
2012 | Imbituba (Auxiliar Técnico)
2013 | Aimoré (Júnior)

Títulos
2015 | Copa FGF Sub-19