02/02/2019

APAV projeta estreia em Canoas na Superliga B

No próximo sábado, a APAV Vôlei fará a primeira exibição diante do seu torcedor pela Superliga B 2019. O adversário no ginásio Poliesportivo La Salle será o líder APAN Blumenau, de Santa Catarina. O confronto em Canoas inicia às 18h.

– Temos a estreia em casa e precisamos nos permitir continuar buscando a excelência, procurando melhorar individualmente em cada fundamento, mas principalmente como equipe. Prosseguimos com o trabalho em busca da maturidade – destaca o campeão olímpico Gustavo Endres, gestor e coordenador técnico do clube.

No segundo desafio pela competição nacional, no último sábado (2), a APAV enfrentou o Anápolis Vôlei em Goiás. No confronto realizado no ginásio Newton de Faria, os jovens gaúchos não conseguiram superar a forte equipe goiana, que venceu por 3 sets a 0 - parciais de 25/18, 25/9 e 25/18.

Único representante gaúcho na Superliga B, o time canoense trabalha sob o comando do técnico Marcelinho Ramos há apenas um mês. O treinador projeta a sequência da temporada.

– Nosso primeiro objetivo é melhorar a cada jogo. Fazer com que cada atleta renda no limite de sua capacidade, para depois pensar nos resultados. É um processo que demanda tempo e com certeza vão haver oscilações.

– Ainda estamos buscando uma identidade, e o processo é longo e difícil. Temos que aprender a assimilar uma derrota dura e saber conviver com esse tipo de momento, para durante a semana preparar a próxima batalha – complementa Gustavo.

Marcelinho, que não esteve à beira da quadra no primeiro jogo devido ao nascimento de sua filha, ainda ressalta o pouco tempo de preparação em relação aos adversários, com alguns treinando desde novembro.

– Quero destacar que o vôlei no Rio Grande do Sul está passando por uma reformulação. E até pelas definições de última hora, não tivemos tempo de ir ao mercado. Fizemos poucas contratações e decidimos apostar na gurizada gaúcha. E a maioria não tem experiência nacional.

O time-base que atuou no fim de semana teve Bruno, Kaique, Léo, Natã, João e Mateus. Líbero: Pallotti. Entraram Yan, Gabriel, Eric e Ivan.

Foto: Guilherme Zilse | Divulgação